Despedimento coletivo na TAP reduz-se para 113 trabalhadores

O ministro das Infraestruturas contabilizou 113 trabalhadores da TAP que não aderiram às medidas voluntárias. No Parlamento, Pedro Nuno Santos negou ainda que a companhia esteja a cancelar voos por falta de trabalhadores.