Casa-mãe da Endesa vai aumentar investimentos directos em 6% até 2030

O grupo italiano de energia Enel vai aumentar os investimentos diretos até 2030 para 170.000 milhões de euros, dos quais 140.000 milhões serão alocados às energias renováveis e às redes.